Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

This Is Me in a Nuttshell

... que é como quem diz, esta aqui sou eu. Rodeada de livros, com música nos ouvidos, com cinema ou séries no ecrã da TV ou Youtube no computador. Não é difícil me fazer feliz. Bem vindos :)

This Is Me in a Nuttshell

... que é como quem diz, esta aqui sou eu. Rodeada de livros, com música nos ouvidos, com cinema ou séries no ecrã da TV ou Youtube no computador. Não é difícil me fazer feliz. Bem vindos :)

BTT - Formato

Algumas pessoas, tipo a minha mãe, só leem livros de capa mole. Outras pessoas preferem livros de capa dura. Outros leem livros de capa dura porque é o formato que sai primeiro mas caso contrário preferem a capa mole. E tu? Preferes livros de capa dura ou mole? Porquê? Lês livros noutros formatos?

 

Apesar de os livros de capa dura terem uma estética mais apelativa para estar na estante, prefiro os de capa mole. Os livros de capa dura são um pesadelo para transportar. A grande maioria tem uma "jacket", que é aquela capa de papel com o design de capa, título do livro, autor, editora, etc. Eu tenho livros sem "jacket" porque me irritei, tirei do livro, pousei não sei onde e nunca mais a encontrei.

Dentro dos livros de capa mole, a preferência vai para aquilo que se chama em inglês "massmarket paperback", vulgo livro de bolso. A editora Leya fez um post no blog da Colecção BIS sobre mim e sobre o meu anterior blog porque eu já tinha lido e comentado para cima de 10 livros da colecção até aquele momento e lembro-me que ainda tinha outros quantos na lista de espera. E convenhamos, livro de bolso só tem vantagens. Títulos interessantes e actuais a metade do preço de um de capa mole normal. Não há que errar! BIS, 11x17, Booklet, Biblioteca de Autores Independentes, etc. Até os ensaios da Fundação Francisco Manuel dos Santos!

 

Uma ideia original do blog Booking Through Thursday