Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

This Is Me in a Nuttshell

... que é como quem diz, esta aqui sou eu. Rodeada de livros, com música nos ouvidos, com cinema ou séries no ecrã da TV ou Youtube no computador. Não é difícil me fazer feliz. Bem vindos :)

This Is Me in a Nuttshell

09
Jan17

De visita a... Quinta da Regaleira (Sintra)

Em 2009, um mais jovem Cláudio deu a conhecer a uma mais jovem Isa essa vila misteriosa e quiçá encantada chamada Sintra. Desde então que o bichinho pela vila de Sintra ficou cá dentro. A Pena bem lá no cimo da serra, o Castelo dos Mouros mais ao lado no outro cume, o trabalhado da pedra da Regaleira, as chaminés branquinhas e imponentes do Palácio Nacional... E quase que por impulso vem à cabeça aqueles lugares que leste n'Os Maias como o Lawrence ou o esquecimento das queijadas (e olhem que elas são boas!)

Em 2016, e de novo na companhia do Cláudio, consegui riscar um dos lugares de Portugal a visitar na minha "bucket list": a Regaleira. Melhor guia não podia ter, conhece aquilo como as palmas das mãos.

Como é um lugar onde a maioria dos elementos arquitectónicos estão ao ar livre, aconselho a que escolham um dia com bom tempo para a visita. Fomos em Maio e estava um dia fantástico!

Mas antes de falar na experiência da visita, importa que se saiba um pouco do que é a Quinta da Regaleira. Em breves traços, foi mandada construir pelo Dr. António Augusto Carvalho Monteiro, também conhecido como o Monteiro dos Milhões por causa da sua extensa fortuna. A obra durou 6 anos (1904-1910) sob a direcção do arquitecto italiano Luigi Manini que trouxe com ele muita da mão-de-obra que trabalhou no Palácio do Buçaco.

Um dos pontos altos da visita é o Palácio, casa de Verão da família Monteiro. Tanto no interior como no exterior, o detalhe na decoração em pedra é de ficar vidrado. São sobretudo motivos naturalistas, ou seja, cordas, folhas, flores. No interior da casa o meu fascínio ficou nos tectos, principalmente nas salas do piso Nobre. O trabalhado da madeira é fantástico e não há uma sala com um desenho igual. Já a biblioteca tem um pequeno truque que me valeu o susto da vida (isso não se faz Mister!).

Seguindo pelos jardins, o espaço que se encontra de seguida é a Capela, também ela com a fachada em pedra ricamente trabalhada e uns vitrais lindíssimos no interior. Mas toda a extensão da Quinta está semeada com pequenos elementos arquitectónicos que prendem o olhar, já para não falar da mistura de árvores que vão dando uma aura de encanto. Como se cada recanto fosse esconderijo de mouras encantadas que esperam o anoitecer.

Mas nada bateu a vista que se tem dos pontos altos da Quinta. Podem tentar a Torre junto ao Portal dos Guardiães ou vir um pouco mais para baixo, para a Torre da Regaleira. Visão perfeita da Serra de Sintra, perfeita também para o centro da Vila, um verde sem fim de cortar a respiração.

O espaço mais emblemático da Quinta ficou para o fim. Estou a falar, é claro, do Poço Iniciático. Consiste numa espécie de torre mas que se enterra no chão por cerca de 27 metros e o único acesso ao espaço é uma escada em espiral que do meio para o fim tem tendência a ficar um bocado molhada. Se visitarem tenham atençäo que há visitantes que fazem o percurso tanto a subir como a descer. O poço depois liga-se a vários túneis com várias saídas diferentes, sendo uma delas o Lago da Cascata. O porquê de lhe chamarem Poço Iniciático? Acreditou-se outrora que o espaço serviu para a iniciar novos maçons. 

 

 

 

O que estou a ler?


goodreads.com

Calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Comentários recentes

  • Isabel Maia

    Acho que esse é um caso comum nos momentos de paus...

  • Maribel Maia

    A opção de escolha, não muda muito no verão, leio ...

  • Isabel Maia

    Também gosto muito. Torga tem uma escrita que me a...

  • mariali

    Bela reflexão. Parabéns!Gosto de Miguel Torga.

  • Isabel Maia

    Tens toda a razão, as noites de Tv não vão ser as ...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens