Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

This Is Me in a Nuttshell

... que é como quem diz, esta aqui sou eu. Rodeada de livros, com música nos ouvidos, com cinema ou séries no ecrã da TV ou Youtube no computador. Não é difícil me fazer feliz. Bem vindos :)

This Is Me in a Nuttshell

02
Jan17

Pão de Canela

Terminada a época festiva, propícia a excessos, lembrei-me de mostrar as coisinhas boas que estiveram na minha mesa das festas, tanto no Natal como no Ano Novo. Não vai ser o sacaninha do sistema imunitário que me vai tirar os doces mais tradicionais!


Lá em casa temos a tradição de acompanhar as refeições de Natal e Ano Novo com Pão de Canela. É uma espécie de pão rústico mas com um sabor mais pronunciado de canela e é uma delícia. Quem prova, não quer outra! Desde que comecei esta alimentação allergy-free, foram já algumas receitas que tentei e foram sempre "tiros no porta-aviões", que é como quem diz falhanços totais. A deste ano correu muito bem! Pena que ao fim de 4 dias já estava muito seco...


Fotografia0290.jpg


 Ingredientes:



  • 1 embalagem de preparado para pão branco sem glúten Belbake (à venda no Lidl)

  • 450ml de água com gás natural

  • 50ml de óleo alimentar

  • 1 pitada de sal

  • 2 colheres de sopa de açúcar

  • Canela q.b.


A embalagem da mistura de pão tem indicações de como fazer o pão, ou seja, primeiro batendo na batedeira e depois deixando levedar. Eu usei a panificadora e coloquei pela seguinte ordem: farinha, sal, água com gás (um truque que aprendi nos workshops de cozinha sem glúten e que deixa a massa de pão mais fofinha), óleo, açúcar, canela e por fim o fermento seco (nunca colocar o sal e o fermento ao mesmo tempo senão anula o efeito). Depois liguei no programa de Massa que demora 1h30 e amassa e leveda.


Logo que terminou o ciclo, passei a massa para um tabuleiro de forno previamente forrado com papel vegetal e polvilhado com farinha sem glúten.


No pacote há indicações de tempos e temperaturas para cozer em forno convencional. Eu cozi o meu pão em forno de lenha numa temperatura moderada e demorou mais ou menos 35min. a ficar pronto. O segredo para saber se o pão está cozido é ele soar a oco se batermos com os nós dos dedos no fundo.


Depois deixa-se arrefecer numa grade para bolos/pão e guarda-se apenas quando estiver mais frio. Mas verdade seja dita, este pão quer-se morninho para realçar o sabor a canela.

O que estou a ler?


goodreads.com

Calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Comentários recentes

  • Isabel Maia

    Acho que esse é um caso comum nos momentos de paus...

  • Maribel Maia

    A opção de escolha, não muda muito no verão, leio ...

  • Isabel Maia

    Também gosto muito. Torga tem uma escrita que me a...

  • mariali

    Bela reflexão. Parabéns!Gosto de Miguel Torga.

  • Isabel Maia

    Tens toda a razão, as noites de Tv não vão ser as ...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens