Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

This Is Me in a Nuttshell

This Is Me in a Nuttshell

|TAG| Leituras Digitais

Apesar de ser uma completa apreciadora do objecto livro, não existe como não negar que a existência dos livros digitais veio dar uma grande ajuda aos livrólicos sem cura. Um dos momentos que mais dão jeito é durante as férias. Leva-se connosco uma montanha de livros sem ter que sacrificar o espaço na mala ou o peso na hora de leva-la para dentro de um avião.

Esta Tag sobre E-Books foi encontrada no blog Algodão Doce para o Cérebro.

 

Que suporte utlizas para ler os teus ebooks? Um e-reader, um tablet ou o pc?

Para ler e-books, habitualmente utilizo o meu híbrido. Tem a vantagem de poder usa-lo com a leveza de um tablet normal e quando quero tomar alguma nota ou copiar algum pedaço de texto, ligo-lhe o teclado e transforma-se num normal portátil.

 

Quantos ebooks já leste desde que te iniciaste na nova “moda digital”?

Segundo o Sr. Goodreads, tenho marcados como lidos 22 e-books.

 

 

Qual é a língua predominante dos teus ebooks?

Neste momento, só tenho e-books em Português, seja de Portugal, seja do Brasil.

 

Compras ou aproveitas promoções e livros gratuitos?

Para os meus e-books, tento aproveitar os servidores de livros gratuitos. Um que, por exemplo, tem excelentes títulos é o Projecto Adamastor.

 

Aproveitas para ler clássicos ou novos autores?

Através dos e-books leio um bocadinho de tudo. Sejam clássicos, sejam novos autores, sejam de Portugal ou do Brasil ou até de outros países. Sempre que não encontro um livro que quero muito ler em formato físico, procuro o formato digital.

 

Tens ebooks de livros físicos para que os possas ler em qualquer local sem ter de levar o livro atrás?

Habitualmente só tenho uma versão de cada livro, ou físico ou virtual. Nunca repito edições.

 

Quantos ebooks tens?

Olhando para o meu ficheiro de e-books, posso dizer com toda a certeza que tenho para cima de 100 títulos.

 

Qual é o teu maior fornecedor de ebooks?

O meu abastecimento literário vai para tudo o que seja fontes gratuitas.

 

Aderiste por completo à Leitura Digital ou ainda vives na Idade do Livro Físico?

 Digamos que estou com um pé em cada uma das eras. Leio em ambos os formatos sem problemas, reconheço-lhes os prós e contras e fico contente com ambas. O ponto fulcral aqui é ler, seja em que formato for.

|TAG| Hábitos de Leitura

Todos nós, leitores, para além das nossas "taras e manias", temos os nossos hábitos que fazem de nós o que somos. São pequenas rotinas que fazem parte do quotidiano e que acabam por contribuir também para a experiência da leitura daquele livro em particular. Esta Tag foi encontrada no blog Chaise Longue, que por sua vez encontrou a versão original no canal do Youtube TheBookJazz

 

 Tens algum cantinho especial na tua casa para ler?

Como já tive a oportunidade de escrever noutros posts, quando estou em casa o meu ponto de leitura é o meu quarto. Bem aconchegada na cama, uns almofadões para ajudar a ter uma postura decente, focos da estante ligadas e está o cenário montado.

 

 Marcador de livros ou um pedaço de papel aleatório?

Até há algum tempo eu tinha um marcador próprio, artesanal feito por um Atelier de Bijutaria de uma amiga, também ela leitora. Infelizmente, o marcador levou "chá de sumiço" mas já está outro em processo de fabrico. Por isso, o meu actual marcador é um postal de Natal feito por uma IPSS local.

 

 Quando queres interromper a leitura paras na página onde estás ou tens de acabar o capítulo/certo número de páginas?

Quando estou em casa e já me está a dar o sono, faço por terminar o capitulo em que estou para no dia seguinte começar num capítulo novo. Quando estou a ler fora de casa, aí páro onde calha. Não vou pedir ao médico ou ao operador do metro ou até ao funcionário da repartição pública para esperar um bocadinho até eu acabar o capítulo...

 

 Comes ou bebes enquanto lês?

Tenho que confessar que sim. Mas aprendi com os meus erros do passado. Agora só snacks que não possam deixar nódoas e nas bebidas, só em copo térmico com palhinha para evitar salpicos.

 

 Consegues ou gostas de ouvir música e televisão enquanto lês?

Aqui está outra questão que já referi noutros posts. Para ler, eu preciso sempre estar acompanhada com música ou algum tipo de ruído ritmado. Caso contrário, começo a focar-me noutros pontos e distraio-me da leitura. Ou seja, eu preciso criar um pequeno "casulo" para desfrutar em pleno dos livros.

 

 Um livro de cada vez ou vários livros ao mesmo tempo?

Ora aqui está uma bela contradição. Nas séries de TV, já fui capaz de acompanhar 15 diferentes e não perder o fio ao enredo de todas elas. Mas quando se fala em livros, só consigo ler um de cada vez. Talvez porque num ambiente visual, todos os elementos já estão ali na tela; já no caso de um livro, é a nossa mente que tem que processar isso tudo e implica um esforço mental adicional...

 

 Ler em casa ou em todo o lado?

Felizmente, consigo ler em praticamente todos os lugares. Sala de espera, Metro e comboio com respectivas estações, no exterior, zonas de passagem de centros comerciais... Só não consigo ler em transportes instáveis tipo o carro ou autocarros. O meu estômago não se dá com esse movimento.

 

 Ler em voz alta ou para ti mesma?

Leio sempre para mim mesma. Já viram que "figura" eu faria aos olhos dos outros, se num livro escrito por um autor brasileiro, eu de repente começasse a falar com sotaque a olhar para as páginas? Ainda achavam que eu tinha perdido um parafuso.

 

 Costumam passar à frente algumas páginas do livro ou ler o final?

Admito que, quando algumas passagens me estão a cansar, sou capaz de ler umas quantas frases na diagonal. Agora fazer essas batotices de passar deliberadamente páginas à frente ou ir ler o final, isso não faço.

 

 Quebrar a lombada do livro ou mantê-lo como se fosse novo?

Eu faço sempre os possíveis para manter as lombadas dos livros inteiras mas há livros que, pelas suas dimensões, é impossível que não fiquem com uma quebrazita ou outra. Não se consegue ler um livro que passe das 500 ou 600 páginas em condições sem que se abra um pouco mais o livro.

 

 Escreves nos teus livros?

Habitualmente, só tomo notas nos livros quando são em línguas que não domino bem ou quando estou com dúvidas numa expressão de uma que domine. Por exemplo, os meus livros em francês estão quase todos com significados de palavras escritos às margens. Já os de inglês, faço anotações dos equivalente em português de frases feitas para melhor contexto.

|TAG| Compra de Livros

Praticamente todos os leitores se podem queixar de um problema, comprar mais livros do que aqueles que efectivamente lê. A pensar nessa experiência, segue aqui em baixo uma série de perguntas sobre os hábitos consumistas no que toca a livros. Esta Tag foi encontrada no blog Chaise Longue.

 

 Onde compras os teus livros?

Habitualmente, faço as minhas compras de livros em locais físicos. Livrarias, alfarrabistas, Feiras do Livro, secção de papelaria e revistas de hipermercados, etc.

 

 Fazes pré-ordem de livros? Se sim, fazes em lojas ou online?

Nunca fiz pré-reserva de livros. Até agora nunca senti necessidade de ter a primeira a ter um determinado livro nas mãos mal ele é lançado.

 

 Em média, quantos livros compras por mês?

Esta é uma pergunta que não tem resposta única. Isto porque eu sou muito instável no que toca a livros. Ora passo meses sem comprar (e essas alturas calham sempre quando não estou a ler), ora compro só um e se "dá a louca em mim", compro 3 ou 4 no mesmo mês.

 

 Usas a tua biblioteca local?

Usava enquanto estudante universitária para alugar aqueles livros que tinha que estudar para as aulas mas que sabia que nunca mais os ia ler na vida. Agora não uso. Sou uma releitora assumida. Quando me dá na telha, gosto de ir buscar um qualquer livro que já li à estante e folhea-lo de novo.

 

 Qual a tua opinião acerca dos livros das bibliotecas?

As bibliotecas públicas são excelentes meios para diversificar as leituras sem com isso gastar muito dinheiro. Por norma, estas instituições vão mantendo um acervo recente.

 

 Como te sentes em relação a lojas de caridade/livros em segunda mão?

Não tenho problemas nenhuns com isso. Aliás, a grande maioria dos livros que comprei em Feiras do Livro foram em expositores de alfarrabistas. Desde que estejam num estado de mínima conservação, marcha tudo, seja acabado de sair da prensa ou com 3 ou 4 compradores no palmarés.

 

 Manténs os teus livros lidos e por ler juntos/na mesma estante?

Para ter noção daquilo que já li e do que ainda falta ler, mantenho os livros separados. Os que já foram estão nas estantes e os que ainda não li estão dentro de um caixote cheio a abarrotar (já tive que fazer uma pilha em cima da secretária...)

 

 Planeias ler todos os livros que tens?

Se os comprei, é porque tenho em mente lê-los. Não fazia sentido nenhum comprar um livro só para dizer que o tenho, mesmo sem lhe ler uma linha.

 

 O que fazes com os livros que sentes que nunca irás ler/sentes que não irás gostar?

Para evitar surpresas, por norma já não saio da minha zona de conforto. Leio os mesmos género literários, autores semelhantes, etc. Mas por vezes acontece não gostar de um certo livro, mesmo dentro da zona de conforto. Nesse caso, há maneiras de nos "livrar-mos" dos livros. Doa-los, oferece-los, troca-los, procurar um alfarrabista que os compre, vender num grupo online, etc.

 

 Alguma vez doaste livros?

Em 2012, foi lançada para a sociedade civil a campanha "Um Livro para Timor-Leste". Como tinha a colecção de "Uma Aventura..." que herdei do meu irmão parada na estante, escolhi por entre eles os que estavam em melhores condições e doei-os para essa causa nobre.

 

 Alguma vez estiveste num período de abstinência de compras de livros?

Não posso falar em alturas de abstinência forçada de compras porque esses momentos são sempre voluntários. Como dizia na pergunta da compra de livros, quando não estou a ler não tenho por hábito comprar. É uma questão de lógica, acho eu...

 

 Achas que compras demasiados livros?

A pergunta é um bocado ambígua. Compro muitos de cada vez ou muitos ao fim de um ano, por exemplo? Mesmo assim, acho que até compro poucos. Lá está, sou uma releitora. Não tenho problemas em pegar nos livros antigos e ler de novo. por isso tenho sempre qualquer coisa para ler.

|TAG| Goodreads Tag

Para quem mantém uma actividade de leitura activa, ferramentas como o Goodreads são excelentes para ter uma noção do que está lido e do que não está. Depois há o lado mais factual da ferramenta. Perceber por que autores temos mais tendências, em que anos lemos mais, em que anos lemos menos, se damos preferências aos livros extensos ou aos curtinhos, quais os géneros sobre os quais nos inclinamos mais...

A Tag que se segue foi encontrada no blog da Tita, O Prazer das Coisas. Já tinha respondido a uma Tag semelhante, também vista lá, num outro blog que já não existe.

 

Qual foi o último livro que marcaste como "lido"?

"Terra Sonâmbula" de Mia Couto. Tenho uma paixão gigante por escritores africanos de língua portuguesa. As sensações que retiramos da leitura são inexplicáveis.

 

Qual a tua leitura actual?

"Cruzando o Caminho do Sol" de Corban Addison. Na pergunta desta semana no BTT têm uma breve explicação sobre o tema.

 

Qual o ultimo livro que marcaste como "Para Ler"?

"O Vendedor de Passados" de José Eduardo Agualusa. De novo, os escritores africanos...

 

Qual o livro que planeias ler a seguir?

Eu deixo sempre o Goodreads escolher por mim. Por isso, e como já não falta muito para acabar a minha leitura actual, já fui ao "random" para ver o que ele me sugeria. E ele deu-me "I'm in love with a pop star" da Margarida Rebelo Pinto. Viram, até o Goodreads incentiva o meu guilty pleasure :D

 

Utilizas o sistema de classificação por estrelas?

Uso, sim senhor.

 

Estás a participar no desafio de leitura do Goodreads?

Depois de alguns anos em que falhei miseravelmente as minhas metas, deixei de me auto-propor metas. Leio quando quero, quantos livros me apetecer. Se ler muitos, é um bónus; se ler poucos, não há de vir mal ao mundo.

 

Tens uma wishlist (lista de livros que queres comprar)?

Escrita, não tenho. Tenho apenas ideias do que gostava de comprar.

 

Qual o próximo livro que planeias comprar?

Quero comprar algo de José Saramago. Pedi até algumas recomendações no Goodreads sobre por que livro começar. Decidi que vou tentar quebrar as "embirrancias" literárias de outros anos.

 

Tens frases/textos/excertos favoritos?

No Goodreads, não. Os meus excertos estão num ficheiro à parte para serem utilizados em posts, sozinhos ou em contexto de texto sobre os livros.

 

Quais são os teus autores preferidos?

Gosto de América Latina - Isabel Allende, Gabriel García Marquéz, Luis Sepulveda, Leonardo Padura, Jorge Amado, a sempre esquecida Clarice Lispector. Gosto de África - Mia Couto, José Eduardo Agualusa, Pepetela. Gosto dos "nossos" - Eça de Queirós, João Tordo, Valter Hugo Mãe... Tantos que se continuasse a escrever, isto virava testamento.

 

Participas em algum grupo?

Não.

 

Achas o que o Goodreads podia melhorar?

Todos os sites têm sempre espaço para melhorar. Desde mais e melhores funções nas apps móveis, uma navegação mais intuitiva no próprio site, a introdução das meias estrelas (como já várias pessoas referiram). Gostei da última novidade que implementaram, a hipótese de marcar todas as datas de leitura de um determinado livro para assim termos a noção de quantas vezes já o relemos.

 

Se quiserem ser meus amigos no Goodreads, é só irem ali à app na barra lateral ou procurarem a Isabel Maia directamente no site.

|TAG| Manias de leitor

Há muitas coisas que nós, pessoas leitoras, temos em comum. Uma delas é óbvia, o gosto pelos livros. A outra são aquelas pequenas particularidades, "manias" se assim poderemos dizer. Uma poltrona em particular, o mesmo marcador de livros durante anos a fio, uma hora específica para ler, um método de arrumação próprio. Todo um manancial de pequenas particularidades que cada um cultiva quando vai ler. Estas são as minhas pequenas manias sobre livros:

 

 Quando entro numa livraria, vou primeiro à secção de poesia, depois de culinária e só por fim passo à zona da literatura.

 Não consigo ler em silêncio. Fico a "engonhar" no mesmo parágrafo porque acabo por me distrair. Para isso tenho sempre os meus ficheiros de música por perto ou então sintonizo um rádio na M80 (se me apetece um bocadinho de tudo) ou na Smooth FM (se a coisa estiver mais para o lado do Jazz).

 Para organizar as minhas leituras, agora só uso o Goodreads.

 Utilizo post-its coloridos para marcar excertos que me agradem nos livros. Depois transcrevo esses excertos para um ficheiro à parte.

 Só leio um livro de cada vez. Pode ser um livro longo ou curto, interessante ou chato, comecei o livro, tenho que o acabar!

 Antes de escolher um livro leio a sinopse e depois leio algumas páginas centrais. Só o compro se ambas me agradarem.

 Perdi o meu marcador de livros artesanal, um trabalho do atelier Casa da Bijutaria, e agora ando à procura de um outro que me encha as medidas (provavelmente virá do mesmo lado...)

|TAG| O Meu Natal

Ao dar uma vista de olhos pelo meu feed de posts do dia, encontrei esta Tag no blog Mãegnifica. É escrito pela Jessica Asato, directamente de Campo Grande (Brasil), e apesar de não comunicarmos tanto como em outros tempos, ela é e sempre será a minha "turista" preferida!

Ao ler as perguntas, senti que era a forma perfeita de fazer um "rescaldo" daquilo que é para mim o Natal.

 

 O que costumas fazer na véspera de Natal e no dia 25?

Dia 24 é dia do jantar mais tradicional com a família. Bacalhau cozido como manda a praxe, pescada para quem não vai à bola com o "fiel amigo", ovo cozido para todos, grelos salteados (longe...), pão de canela a acompanhar e no fim as mais variadas doçarias. Chegando às 24h, ou mais cedo um bocadinho, é hora de abrir prendinhas.

Dia 25 é dia de família também mas o prato vai para a carninha. Lá em casa, Natal cheira a anho assado em forno de lenha. Terminado o almoço, juntam-se primos e tios em casa dos avós (se bem que nos últimos anos eu estou de serviço a 25...)

 

 Qual é o teu filme de Natal preferido?

No meu coração vai haver sempre um lugarzinho especial para o Sozinho em Casa 2, o de Nova Iorque, mas nos últimos anos o meu coração derrete-se pelo Polar Express.

 

 E qual é a tua música de Natal preferida?

Esta, para quem me conhece, não é novidade para ninguém: Let It Snow na voz do Jamie Cullum.

 

 Qual é o teu doce de Natal preferido?

Sonhos! Sejam de abóbora, sejam de cenoura.

 

 O que é que gostavas mais de receber este Natal?

Do lado irreal da pergunta (que sonhar ainda é de borla), umas férias pela Andalucia. Tipo um circuito por Sevilha, Málaga, Cordoba, Granada, Jaén...

Do lado real da pergunta, uns sapatos confy e todos fashion para trabalhar.

 

 Gostas mais de dar ou de receber prendas?

Dar prendas a adultos é sempre complicado porque chega a uma certa altura em que já esgotaste as opções (mesmo nas feitas em casa). A menos que estejas a dar livros a um bookaholic, que aí a escolha nunca acaba! Por isso acho a maior piada quando é para dar presentes a crianças. A reacção deles é deliciosa, mesmo com a coisa mais simples do mundo.

 

 A tua família costuma decorar a casa? Quem é responsável pela decoração?

Sempre fizemos decorações, uns anos mais simples, outros anos mais composto. Pinheiro e presépio ao natural, só presépio, nos ultimos anos tem sido um mini-pinheiro, o Menino Jesus e uma Coroa de Natal.

Estive sempre envolvida nas decorações. Nos últimos 2 anos, o B. também ajudou.

 

 Qual o teu cheiro de Natal preferido?

Aletria quentinha a sair da panela com o aroma a canela no ar...

 

 Foste um bom menino/boa menina este ano?

Acho que sim. Pelo menos ainda ninguém reclamou que tenha feito uma grande maldade.

 

 O que é que há sempre em casa?

Chocolates, principalmente Ferrero Rocher.

 

 Sabes embrulhar prendas? Embrulhas de bom grado ou não?

Não sou uma expert a embrulhar mas sempre que é preciso, embrulho de bom grado. Mas na maioria dos casos procuro um meio alternativo de embrulhar (caixas, sacos de papel...)

 

 Sabes o nome de todas as renas do Pai Natal?

Mas elas têm todas nomes?! Eu só conheço o Rudolph e é da música!

 

 Abres as prendas na véspera de Natal ou na manhã do dia?

 Já respondi a esta na 1ª pergunta. Às 24h do dia 24.

 

 Quando é que descobriste a verdade sobre o Pai Natal?

Na minha família, sempre fomos ensinados que quem trazia as prendas, ou pelo menos quem as deixava no sapatinho, era o Menino Jesus. Mas cedo também perdi essa ilusão de Menino Jesus.

 

 Qual a melhor prenda de Natal que já recebeste?

Boa pergunta... Provavelmente livros que queria já há muito tempo.

 

 O que torna esta época tão especial para ti?

A família. As mimices do sobrinho, a tagarelice com os primos mais velhos, as brincadeiras dos primos mais pequenos.