Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

This Is Me in a Nuttshell

... que é como quem diz, esta aqui sou eu. Rodeada de livros, com música nos ouvidos, com cinema ou séries no ecrã da TV ou Youtube no computador. Não é difícil me fazer feliz. Bem vindos :)

This Is Me in a Nuttshell

... que é como quem diz, esta aqui sou eu. Rodeada de livros, com música nos ouvidos, com cinema ou séries no ecrã da TV ou Youtube no computador. Não é difícil me fazer feliz. Bem vindos :)

|Alfabeto Literário| E - Estás a ler

Outubro 10, 2017

alfabeto-literario.jpg

 Estou num ponto em que não posso propriamente dizer que esteja a ler um livro.

Tenho-o a passear sempre comigo, da cabeceira da cama para a mala que levo sempre para o trabalho. Lê-lo que é bom, não tenho lido. Anda encalhado na mesma página desde o início do Verão. Quando voltar a pegar nele, tenho que começar a ler do início.

Mas para efeitos do tema, estou a ler "Uma Questão de Honra" de Jeffrey Archer.

|Alfabeto Literário| D - Detestaste ler

Outubro 03, 2017

alfabeto-literario.jpg

 Detestar é uma palavra muito forte. Mas não nego que houve livros que cairam nas minhas más graças.

"Aparição" de Vergílio Ferreira foi um deles. Digo e continuo a repeti-lo, é um livro desadequado para a idade. Querem mandar goela abaixo de adolescentes de 15 anos uma narrativa baseada essencialmente em existencialismo. E se há coisa que adolescente não quer pensar é que a nossa existência é finita. Conclusão, fiquei traumatizada, ainda hoje sinto arrepios na espinha só de ler o conteúdo do livro e não o quero ver mais na minha frente.

Outros foi uma questão mesmo de compreensão. Garrett para quem é jovem fica com a conotação de autor chato. "Herzog" de Saul Bellow foi daqueles que não consegui apreciar nem a tiro. Lídia Jorge foi daquelas autoras que ainda não fez "click!".

Mas nada como dar uma segunda oportunidade!

|Alfabeto Literário| C - Citação literária preferida

Setembro 26, 2017

alfabeto-literario.jpg

Existe uma citação que me ficou desde o primeiro momento em que a li. É de Clarice Lispector, uma escritora brasileira de origem ucraniana que infelizmente não está muito divulgada cá, apesar do Projecto Clarice

Faz parte do livro "A Hora da Estrela", publicado em Portugal pela Relógio D'Água:

"Tudo no mundo começou com um sim. Uma molécula disse sim a outra molécula e nasceu a vida. Mas antes da pré-história havia a pré-história da pré-história e havia o nunca e havia o sim. Sempre houve."

|Alfabeto Literário| A - Autor favorito

Setembro 12, 2017

Andava eu a colocar as minhas leituras de posts em dia no Feedly quando me deparei com esta Tag/Desafio no blog da Carla B., o Coisas que.... Pelo que percebi, é um conjunto de perguntas que seguem as letras do alfabeto e que estão relacionadas com o mundo da leitura e da literatura. As meninas que estão a fazer o desafio estão a publicar 3 respostas por semana; eu decidi só fazer um post por semana e sempre à terça.

alfabeto-literario.jpg

 O desafio começa logo com uma daquelas perguntas para 20 mil euros. Autor preferido... Gosto de tantos autores diferentes... A minha grande paixão literária vai direitinha para os países sul-americanos. Por isso, um dos nomes que está na ponta da língua é Isabel Allende. O estilo de escrita dela é o que me enche as medidas. É sensorial, é realista, é forte, mexe com as emoções. As minhas duas personagens preferidas de sempre do mundo da Literatura são de um livro dela: a Clara e a Alba del Valle d'"A Casa dos Espíritos".

|Tag| A Minha Vida como Leitora - Futuro

Junho 07, 2017

Terceiro dia, terceira parte da Tag. Para lerem as restantes respostas é só clicarem nos links: passado e presente. Relembro de novo que esta Tag foi copiada do blog O Prazer das Coisas, da autoria da Tita.

 

 Pretende ou já trabalha numa carreira relacionada com a leitura?
Se alguma vez eu tivesse um cargo relacionado com critica literária, eu seria a pessoa mais infeliz do Mundo. Eu sempre gostei de ler por prazer, ler pelo gosto das histórias. Não me peçam para pegar num livro e fazer um tratado de 3 páginas sobre o contexto socio-económico da época retratada ou descobrir mensagens subliminares em determinados capítulos.

 Acredita que os e-book poderão vir a ultrapassar em vendas os livros físicos?
Ultrapassar, não acredito. Igualar o nível de vendas, aí acho mais realista.

 Pretende incentivar a leitura para os seus filhos?
Já o faço com o sobrinho mais velho e espero estar por perto para passar o mesmo bichinho para a sobrinha pequenina. Mas claro que quando chegar a minha altura de ser mãe, os meus filhos vão conhecer os encantos dos livros. A imaginação e a curiosidade ficam a 1000/hora, o que só faz bem.

 Acha que o seu país vai tornar-se uma nação de leitores?

Tenho muita pena de achar isto mas não me parece. Hoje em dia há muita juventude que perpetua aquele orgulho de dizer que ler é uma seca. Só acha isso quem começou a ler com o livro errado. É só tentar de novo com um mais interessante...

 

Para quem lê este meu espaço, sintam-se à vontade para levar a Tag para os vossos blogs e deixem o link do post nos comentários para que eu possa ir espreitar as vossas respostas :)

|Tag| A Minha Vida como Leitora - Presente

Junho 06, 2017

Já falei das minha vivências do passado enquanto leitora, como podem ver neste post. Agora é altura de falar das minhas vivências presentes. De relembrar que esta Tag foi lida no blog O Prazer das Coisas, administrado pela Tita.


 Actualmente, quantos livros tem?
*pausa para consultar o Goodreads* Segundo o Goodreads, tenho 289 livros. Desses, 243 são livros físicos e 45 são e-books.

 Qual deles é o seu favorito?
Xiii, a pergunta para 20 mil euros que aparece em todas as Tags sobre livros... Qual o meu preferido? "Retrato a Sépia" e "A Casa dos Espíritos" de Isabel Allende; "Os Pássaros de Seda" de Rosa Lobato de Faria; "O Álbum de Clara" de Maria Teresa Gonzalez; "O Historiador" de Elizabeth Kostova; "O Mistério da Estrada de Sintra" de Eça de Queirós e Ramalho Ortigão... A lista é grande.

 Qual é o mais odiado?

Dos livros que tenho no Goodreads, um dos que menos gostei foi "Herzog" de Saul Bellow. "O Arco de Sant'Ana" de Garrett também não foi grande coisa mas isso é implicância estudantil minha. Tenho que o reler para tirar as teimas. Se forem livros que não estão sequer no Goodreads, a minha resposta é a mesma que a da Tita: "Aparição" de Vergílio Ferreira. Mas quem acha positivo forçar um livro sobre existencialismo num jovem de 15 anos?! Eu fiquei traumatizada para o resto da vida!

 Qual é o seu género literário favorito?
Apesar de ler muitos géneros diferentes (romance, poesia, mistério, comédia, contos...), a minha preferência vai inteirinha para o Romance Histórico.

 Com que frequência lê?
Tento ler um bocadinho todos os dias. Às vezes não é possível, a cabeça vem demasiado cheia de minhocas com o stress do trabalho que nem quero ler mais nada.

 

 Literatura infantil, juvenil ou adulta?
Leio maioritariamente literatura mais voltada para adultos. No entanto, tenho os meus momentos mais juvenis ao ler aqueles clássicos que estão nos currículos do 2º ou 3º ciclo ou colecções tipo "Triângulo Jota" ou mesmo essa série tão idolatrada como é Harry Potter.

 Defina a sua leitura: lenta, intermediária ou rápida?
Ultimamente, de intermédia para lenta.

 Quem é o seu autor favorito e porquê?
Sai mais uma daquelas perguntas para 20 mil euros que sempre há nas Tags. Os meus autores preferidos estão maioritariamente em dois eixos, o lusófono e o ibero-americano. Isabel Allende, Luis Sepulveda, Gabriel Garcia Marquez, Mia Couto, Leonardo Padura, Carlos Ruiz Záfon, José Eduardo Agualusa, Eça de Queirós, Miguel Torga, Valter Hugo Mãe... Todos os autores têm uma escrita muito descritiva e sensorial, algo que me agrada bastante.

 Livros de capa dura ou mole?
Capa mole, definitivamente.

 Qual é o seu protagonista favorito e porquê?
 Nesta vou ter que fazer batota. Eu tenho duas protagonistas preferidas e as duas estão no mesmo livro. Clara e Alba del Valle d' "A Casa dos Espíritos" de Isabel Allende. A forma como foram escritas faz delas personagena quase transcendentais e muito especiais.

 

 Qual é o seu antagonista preferido e porquê?

Em todos os livros que li até hoje há um grande antagonista que merece destaque, Lord Voldemort da Saga Harry Potter. Toda aquela obstinação para não deixar que a profecia se cumprisse baseado num verdadeiro tiro no escuro... *e mais não digo para não dar spoilers*

 

 Qual é o livro que quer ler e ainda não conseguiu?

Tenho "O Crime no Expresso do Oriente" de Agatha Christie na lista de espera de leitura há anos mais ainda não tive tempo de chegar lá...

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.