Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

This Is Me in a Nuttshell

... que é como quem diz, esta aqui sou eu. Rodeada de livros, com música nos ouvidos, com cinema ou séries no ecrã da TV ou Youtube no computador. Não é difícil me fazer feliz. Bem vindos :)

This Is Me in a Nuttshell

07
Jun17

|Tag| A Minha Vida como Leitora - Futuro

Terceiro dia, terceira parte da Tag. Para lerem as restantes respostas é só clicarem nos links: passado e presente. Relembro de novo que esta Tag foi copiada do blog O Prazer das Coisas, da autoria da Tita.

 

 Pretende ou já trabalha numa carreira relacionada com a leitura?
Se alguma vez eu tivesse um cargo relacionado com critica literária, eu seria a pessoa mais infeliz do Mundo. Eu sempre gostei de ler por prazer, ler pelo gosto das histórias. Não me peçam para pegar num livro e fazer um tratado de 3 páginas sobre o contexto socio-económico da época retratada ou descobrir mensagens subliminares em determinados capítulos.

 Acredita que os e-book poderão vir a ultrapassar em vendas os livros físicos?
Ultrapassar, não acredito. Igualar o nível de vendas, aí acho mais realista.

 Pretende incentivar a leitura para os seus filhos?
Já o faço com o sobrinho mais velho e espero estar por perto para passar o mesmo bichinho para a sobrinha pequenina. Mas claro que quando chegar a minha altura de ser mãe, os meus filhos vão conhecer os encantos dos livros. A imaginação e a curiosidade ficam a 1000/hora, o que só faz bem.

 Acha que o seu país vai tornar-se uma nação de leitores?

Tenho muita pena de achar isto mas não me parece. Hoje em dia há muita juventude que perpetua aquele orgulho de dizer que ler é uma seca. Só acha isso quem começou a ler com o livro errado. É só tentar de novo com um mais interessante...

 

Para quem lê este meu espaço, sintam-se à vontade para levar a Tag para os vossos blogs e deixem o link do post nos comentários para que eu possa ir espreitar as vossas respostas :)

06
Jun17

|Tag| A Minha Vida como Leitora - Presente

Já falei das minha vivências do passado enquanto leitora, como podem ver neste post. Agora é altura de falar das minhas vivências presentes. De relembrar que esta Tag foi lida no blog O Prazer das Coisas, administrado pela Tita.


 Actualmente, quantos livros tem?
*pausa para consultar o Goodreads* Segundo o Goodreads, tenho 289 livros. Desses, 243 são livros físicos e 45 são e-books.

 Qual deles é o seu favorito?
Xiii, a pergunta para 20 mil euros que aparece em todas as Tags sobre livros... Qual o meu preferido? "Retrato a Sépia" e "A Casa dos Espíritos" de Isabel Allende; "Os Pássaros de Seda" de Rosa Lobato de Faria; "O Álbum de Clara" de Maria Teresa Gonzalez; "O Historiador" de Elizabeth Kostova; "O Mistério da Estrada de Sintra" de Eça de Queirós e Ramalho Ortigão... A lista é grande.

 Qual é o mais odiado?

Dos livros que tenho no Goodreads, um dos que menos gostei foi "Herzog" de Saul Bellow. "O Arco de Sant'Ana" de Garrett também não foi grande coisa mas isso é implicância estudantil minha. Tenho que o reler para tirar as teimas. Se forem livros que não estão sequer no Goodreads, a minha resposta é a mesma que a da Tita: "Aparição" de Vergílio Ferreira. Mas quem acha positivo forçar um livro sobre existencialismo num jovem de 15 anos?! Eu fiquei traumatizada para o resto da vida!

 Qual é o seu género literário favorito?
Apesar de ler muitos géneros diferentes (romance, poesia, mistério, comédia, contos...), a minha preferência vai inteirinha para o Romance Histórico.

 Com que frequência lê?
Tento ler um bocadinho todos os dias. Às vezes não é possível, a cabeça vem demasiado cheia de minhocas com o stress do trabalho que nem quero ler mais nada.

 

 Literatura infantil, juvenil ou adulta?
Leio maioritariamente literatura mais voltada para adultos. No entanto, tenho os meus momentos mais juvenis ao ler aqueles clássicos que estão nos currículos do 2º ou 3º ciclo ou colecções tipo "Triângulo Jota" ou mesmo essa série tão idolatrada como é Harry Potter.

 Defina a sua leitura: lenta, intermediária ou rápida?
Ultimamente, de intermédia para lenta.

 Quem é o seu autor favorito e porquê?
Sai mais uma daquelas perguntas para 20 mil euros que sempre há nas Tags. Os meus autores preferidos estão maioritariamente em dois eixos, o lusófono e o ibero-americano. Isabel Allende, Luis Sepulveda, Gabriel Garcia Marquez, Mia Couto, Leonardo Padura, Carlos Ruiz Záfon, José Eduardo Agualusa, Eça de Queirós, Miguel Torga, Valter Hugo Mãe... Todos os autores têm uma escrita muito descritiva e sensorial, algo que me agrada bastante.

 Livros de capa dura ou mole?
Capa mole, definitivamente.

 Qual é o seu protagonista favorito e porquê?
 Nesta vou ter que fazer batota. Eu tenho duas protagonistas preferidas e as duas estão no mesmo livro. Clara e Alba del Valle d' "A Casa dos Espíritos" de Isabel Allende. A forma como foram escritas faz delas personagena quase transcendentais e muito especiais.

 

 Qual é o seu antagonista preferido e porquê?

Em todos os livros que li até hoje há um grande antagonista que merece destaque, Lord Voldemort da Saga Harry Potter. Toda aquela obstinação para não deixar que a profecia se cumprisse baseado num verdadeiro tiro no escuro... *e mais não digo para não dar spoilers*

 

 Qual é o livro que quer ler e ainda não conseguiu?

Tenho "O Crime no Expresso do Oriente" de Agatha Christie na lista de espera de leitura há anos mais ainda não tive tempo de chegar lá...

05
Jun17

|Tag| A Minha Vida como Leitora - Passado

Cada leitor tem um percurso de vida diferente. Uns começaram mais cedo, outros só decobriram os prazeres da leitura na juventude. Enfim, ninguém é igual a ninguém.

Esta Tag já está na lista dos posts para ler mais tarde do meu Feedly desde 2014 e tal como afirma a Tita do blog O Prazer das Coisas, por sinal de onde fui copiar as perguntas, acho-a muito completa. Mas como é bastante extensa, vou dividi-la em três posts.

Tal como o título indica, este é sobre o passado.

 

 Com que idade começou a ler?
Segundo os meus relatórios da escola primária, no final da 1ª classe eu já lia e escrevia bem. Aliás, as minha professoras da primária ficavam sempre surpreendidas com o nível da minha imaginação para escrever redacções.

 Qual é o primeiro romance que leu?
Os primeiros livros mais adultos que li, e que por sinal foram um belo flop naquela altura, foram dois livros da colecção juvenil que a TVI lançou nos primórdios da sua existência: "Moby Dick" e "Os Três Mosqueteiros". Escusado será dizer que não entendi nada...

 Que livro considera ter desenvolvido o seu gosto pela leitura?
O meu gosto pela leitura chegou em força com a colecção "Uma Aventura..." de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada. Na verdade, a colecção era originalmente do meu irmão mas eu devorei-a até à exaustão. Depois dessa colecção vieram alguns volumes d' "O Clube das Chaves" e outros também d' "O Detective Maravilhas".

 Qual é a sua primeira recordação a ler?

Tirando os livros que falo na pergunta anterior, as minhas outras grandes recordações relacionada com leitura são com uma banda desenhada sobre a vida de Eusébio e a antecipação de ficar colada à caixa do correio todos os meses, à espera de uma nova edição da revista "Nosso Amiguinho".

02
Mai17

|TAG| Leituras Digitais

Apesar de ser uma completa apreciadora do objecto livro, não existe como não negar que a existência dos livros digitais veio dar uma grande ajuda aos livrólicos sem cura. Um dos momentos que mais dão jeito é durante as férias. Leva-se connosco uma montanha de livros sem ter que sacrificar o espaço na mala ou o peso na hora de leva-la para dentro de um avião.


Esta Tag sobre E-Books foi encontrada no blog Algodão Doce para o Cérebro.


 


Que suporte utlizas para ler os teus ebooks? Um e-reader, um tablet ou o pc?


Para ler e-books, habitualmente utilizo o meu híbrido. Tem a vantagem de poder usa-lo com a leveza de um tablet normal e quando quero tomar alguma nota ou copiar algum pedaço de texto, ligo-lhe o teclado e transforma-se num normal portátil.


 


Quantos ebooks já leste desde que te iniciaste na nova “moda digital”?


Segundo o Sr. Goodreads, tenho marcados como lidos 22 e-books.


 


 


Qual é a língua predominante dos teus ebooks?


Neste momento, só tenho e-books em Português, seja de Portugal, seja do Brasil.


 


Compras ou aproveitas promoções e livros gratuitos?


Para os meus e-books, tento aproveitar os servidores de livros gratuitos. Um que, por exemplo, tem excelentes títulos é o Projecto Adamastor.


 


Aproveitas para ler clássicos ou novos autores?


Através dos e-books leio um bocadinho de tudo. Sejam clássicos, sejam novos autores, sejam de Portugal ou do Brasil ou até de outros países. Sempre que não encontro um livro que quero muito ler em formato físico, procuro o formato digital.


 


Tens ebooks de livros físicos para que os possas ler em qualquer local sem ter de levar o livro atrás?


Habitualmente só tenho uma versão de cada livro, ou físico ou virtual. Nunca repito edições.


 


Quantos ebooks tens?


Olhando para o meu ficheiro de e-books, posso dizer com toda a certeza que tenho para cima de 100 títulos.


 


Qual é o teu maior fornecedor de ebooks?


O meu abastecimento literário vai para tudo o que seja fontes gratuitas.


 


Aderiste por completo à Leitura Digital ou ainda vives na Idade do Livro Físico?


 Digamos que estou com um pé em cada uma das eras. Leio em ambos os formatos sem problemas, reconheço-lhes os prós e contras e fico contente com ambas. O ponto fulcral aqui é ler, seja em que formato for.

10
Abr17

|TAG| Hábitos de Leitura

Todos nós, leitores, para além das nossas "taras e manias", temos os nossos hábitos que fazem de nós o que somos. São pequenas rotinas que fazem parte do quotidiano e que acabam por contribuir também para a experiência da leitura daquele livro em particular. Esta Tag foi encontrada no blog Chaise Longue, que por sua vez encontrou a versão original no canal do Youtube TheBookJazz

 

 Tens algum cantinho especial na tua casa para ler?

Como já tive a oportunidade de escrever noutros posts, quando estou em casa o meu ponto de leitura é o meu quarto. Bem aconchegada na cama, uns almofadões para ajudar a ter uma postura decente, focos da estante ligadas e está o cenário montado.

 

 Marcador de livros ou um pedaço de papel aleatório?

Até há algum tempo eu tinha um marcador próprio, artesanal feito por um Atelier de Bijutaria de uma amiga, também ela leitora. Infelizmente, o marcador levou "chá de sumiço" mas já está outro em processo de fabrico. Por isso, o meu actual marcador é um postal de Natal feito por uma IPSS local.

 

 Quando queres interromper a leitura paras na página onde estás ou tens de acabar o capítulo/certo número de páginas?

Quando estou em casa e já me está a dar o sono, faço por terminar o capitulo em que estou para no dia seguinte começar num capítulo novo. Quando estou a ler fora de casa, aí páro onde calha. Não vou pedir ao médico ou ao operador do metro ou até ao funcionário da repartição pública para esperar um bocadinho até eu acabar o capítulo...

 

 Comes ou bebes enquanto lês?

Tenho que confessar que sim. Mas aprendi com os meus erros do passado. Agora só snacks que não possam deixar nódoas e nas bebidas, só em copo térmico com palhinha para evitar salpicos.

 

 Consegues ou gostas de ouvir música e televisão enquanto lês?

Aqui está outra questão que já referi noutros posts. Para ler, eu preciso sempre estar acompanhada com música ou algum tipo de ruído ritmado. Caso contrário, começo a focar-me noutros pontos e distraio-me da leitura. Ou seja, eu preciso criar um pequeno "casulo" para desfrutar em pleno dos livros.

 

 Um livro de cada vez ou vários livros ao mesmo tempo?

Ora aqui está uma bela contradição. Nas séries de TV, já fui capaz de acompanhar 15 diferentes e não perder o fio ao enredo de todas elas. Mas quando se fala em livros, só consigo ler um de cada vez. Talvez porque num ambiente visual, todos os elementos já estão ali na tela; já no caso de um livro, é a nossa mente que tem que processar isso tudo e implica um esforço mental adicional...

 

 Ler em casa ou em todo o lado?

Felizmente, consigo ler em praticamente todos os lugares. Sala de espera, Metro e comboio com respectivas estações, no exterior, zonas de passagem de centros comerciais... Só não consigo ler em transportes instáveis tipo o carro ou autocarros. O meu estômago não se dá com esse movimento.

 

 Ler em voz alta ou para ti mesma?

Leio sempre para mim mesma. Já viram que "figura" eu faria aos olhos dos outros, se num livro escrito por um autor brasileiro, eu de repente começasse a falar com sotaque a olhar para as páginas? Ainda achavam que eu tinha perdido um parafuso.

 

 Costumam passar à frente algumas páginas do livro ou ler o final?

Admito que, quando algumas passagens me estão a cansar, sou capaz de ler umas quantas frases na diagonal. Agora fazer essas batotices de passar deliberadamente páginas à frente ou ir ler o final, isso não faço.

 

 Quebrar a lombada do livro ou mantê-lo como se fosse novo?

Eu faço sempre os possíveis para manter as lombadas dos livros inteiras mas há livros que, pelas suas dimensões, é impossível que não fiquem com uma quebrazita ou outra. Não se consegue ler um livro que passe das 500 ou 600 páginas em condições sem que se abra um pouco mais o livro.

 

 Escreves nos teus livros?

Habitualmente, só tomo notas nos livros quando são em línguas que não domino bem ou quando estou com dúvidas numa expressão de uma que domine. Por exemplo, os meus livros em francês estão quase todos com significados de palavras escritos às margens. Já os de inglês, faço anotações dos equivalente em português de frases feitas para melhor contexto.

13
Mar17

|TAG| Compra de Livros

Praticamente todos os leitores se podem queixar de um problema, comprar mais livros do que aqueles que efectivamente lê. A pensar nessa experiência, segue aqui em baixo uma série de perguntas sobre os hábitos consumistas no que toca a livros. Esta Tag foi encontrada no blog Chaise Longue.


 


 Onde compras os teus livros?


Habitualmente, faço as minhas compras de livros em locais físicos. Livrarias, alfarrabistas, Feiras do Livro, secção de papelaria e revistas de hipermercados, etc.


 


 Fazes pré-ordem de livros? Se sim, fazes em lojas ou online?


Nunca fiz pré-reserva de livros. Até agora nunca senti necessidade de ter a primeira a ter um determinado livro nas mãos mal ele é lançado.


 


 Em média, quantos livros compras por mês?


Esta é uma pergunta que não tem resposta única. Isto porque eu sou muito instável no que toca a livros. Ora passo meses sem comprar (e essas alturas calham sempre quando não estou a ler), ora compro só um e se "dá a louca em mim", compro 3 ou 4 no mesmo mês.


 


 Usas a tua biblioteca local?


Usava enquanto estudante universitária para alugar aqueles livros que tinha que estudar para as aulas mas que sabia que nunca mais os ia ler na vida. Agora não uso. Sou uma releitora assumida. Quando me dá na telha, gosto de ir buscar um qualquer livro que já li à estante e folhea-lo de novo.


 


 Qual a tua opinião acerca dos livros das bibliotecas?


As bibliotecas públicas são excelentes meios para diversificar as leituras sem com isso gastar muito dinheiro. Por norma, estas instituições vão mantendo um acervo recente.


 


 Como te sentes em relação a lojas de caridade/livros em segunda mão?


Não tenho problemas nenhuns com isso. Aliás, a grande maioria dos livros que comprei em Feiras do Livro foram em expositores de alfarrabistas. Desde que estejam num estado de mínima conservação, marcha tudo, seja acabado de sair da prensa ou com 3 ou 4 compradores no palmarés.


 


 Manténs os teus livros lidos e por ler juntos/na mesma estante?


Para ter noção daquilo que já li e do que ainda falta ler, mantenho os livros separados. Os que já foram estão nas estantes e os que ainda não li estão dentro de um caixote cheio a abarrotar (já tive que fazer uma pilha em cima da secretária...)


 


 Planeias ler todos os livros que tens?


Se os comprei, é porque tenho em mente lê-los. Não fazia sentido nenhum comprar um livro só para dizer que o tenho, mesmo sem lhe ler uma linha.


 


 O que fazes com os livros que sentes que nunca irás ler/sentes que não irás gostar?


Para evitar surpresas, por norma já não saio da minha zona de conforto. Leio os mesmos género literários, autores semelhantes, etc. Mas por vezes acontece não gostar de um certo livro, mesmo dentro da zona de conforto. Nesse caso, há maneiras de nos "livrar-mos" dos livros. Doa-los, oferece-los, troca-los, procurar um alfarrabista que os compre, vender num grupo online, etc.


 


 Alguma vez doaste livros?


Em 2012, foi lançada para a sociedade civil a campanha "Um Livro para Timor-Leste". Como tinha a colecção de "Uma Aventura..." que herdei do meu irmão parada na estante, escolhi por entre eles os que estavam em melhores condições e doei-os para essa causa nobre.


 


 Alguma vez estiveste num período de abstinência de compras de livros?


Não posso falar em alturas de abstinência forçada de compras porque esses momentos são sempre voluntários. Como dizia na pergunta da compra de livros, quando não estou a ler não tenho por hábito comprar. É uma questão de lógica, acho eu...


 


 Achas que compras demasiados livros?


A pergunta é um bocado ambígua. Compro muitos de cada vez ou muitos ao fim de um ano, por exemplo? Mesmo assim, acho que até compro poucos. Lá está, sou uma releitora. Não tenho problemas em pegar nos livros antigos e ler de novo. por isso tenho sempre qualquer coisa para ler.

O que estou a ler?


goodreads.com

Calendário

Julho 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Comentários recentes

  • Isabel Maia

    Acho que esse é um caso comum nos momentos de paus...

  • Maribel Maia

    A opção de escolha, não muda muito no verão, leio ...

  • Isabel Maia

    Também gosto muito. Torga tem uma escrita que me a...

  • mariali

    Bela reflexão. Parabéns!Gosto de Miguel Torga.

  • Isabel Maia

    Tens toda a razão, as noites de Tv não vão ser as ...

Posts mais comentados

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

subscrever feeds